Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

rua do imaginário

Porque existe algo em vez do nada?

Porque existe algo em vez do nada?

rua do imaginário

08
Out20

Calçada de Alpajares

Na busca pela Calçada de Alpajares o GPS levou-nos para um caminho que não era mais que uma estreita faixa de asfalto, muito retorcido e com vistas verdadeiramente esplendorosas. Neste dia, e pela primeira vez nesta viagem, fazia um calor abrasador que vinha dar consistência ao antigo dizer de que em trás-os-montes são “nove meses de inverno e três de inferno”. Foi sobre este calor, com temperaturas a rondar os 38 graus, que continuamos obdientes às indicações do GPS por esta semi-estrada que gradualmente parecia afastar-se de qualquer sinal de civilização, adentrando-se numa paisagem remota e intocada. A certo momento avistamos uma impressionante parede de rocha que se ergue do chão de forma abrupta, imponente e insólita, que mais tarde vim a saber tratar-se de um monumento geológico conhecido como Muro de Abalona.

 

Alguns quilómetros depois a escassa faixa de alcatrão transforma-se num íngreme troço de terra batida que em breve termina num pequeno largo no topo de um  monte e daí para a frente apenas nos permite seguir a pé por um trilho que desce a encosta. O GPS continua a insistir para continuarmos, mas provavelmente esqueceu-se que estávamos de mota. 

 

Depois da desilusão inicial pela impossibilidade de prosseguir, observamos que no fundo desse vale existia algo que deveria ser a Calçada de Alpajares. Tão perto, mas tão inatingível. Tinhamos que prosseguir viagem e não podíamos fazer aquele troço a pé pela encosta, para mais com o calor terrível que se fazia sentir. Optámos que desistir de ver mais de perto a tão desejada Calçada de Alpajares, serviu-nos o consolo de a ver à distância. Fizemos meia-volta e, regressando calmamente pelo mesmo estreito caminho, fomos ao encontro de outra das estradas míticas deste país, a fabulosa N221.

 

DSC_6303.JPG

Caminhos que rasgam montanhas

 

DSC_6304.JPG

O fim da estrada para a Calçada de Alpajares

 

DSC_6307.JPG

A Calçada de Alpajares, vista à distância

 

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.