Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

rua do imaginário

Porque existe algo em vez do nada?

Porque existe algo em vez do nada?

rua do imaginário

09
Set15

Conhece-te a ti próprio

A evolução tecnológica nas últimas décadas tem alterado a forma de vida e a própria estrutura da sociedade. Esta evolução tem sido vertiginosa e as alterações funcionais na sociedade têm ocorrido a um ritmo sem precedentes na história da Humanidade. Durante dezenas de milhares de anos da história d aHumanidade um Homem nascia, vivia e morria numa sociedade em que nada mudava e em que tudo seria fundamentalmente igual ao mundo onde o seu pai viveu e onde os seus filhos viveriam. Hoje não é assim. Um individuo assiste num prazo de algumas décadas a mudanças profundas que afetam a sua forma de viver e de pensar. Afetam a maneira como entendemos o mundo. Afetam a estrutura do nosso pensamento.

 

Das revoluções tecnológicas recentes a de maior impacto será a internet. E a internet é simplesmente informação, processamento e acessibilidade. Hoje quase toda a informação é registada, de uma forma ou de outra, em formato digital e a capacidade tremenda que existe para processamento dessa informação permite que programas de computador possam conhecer, e prever, aspetos da nossa vida de forma profundamente assustadora. É um medo ancestral, que nos vem das entranhas, quando assistimos a uma pequena máquina, que é apenas um afloramento de uma teia gigantesca invisível, prever o nosso comportamento.

 

Vivemos na era da informação e quase tudo do que somos, do íntimo ao público, fica registado. A evolução tecnológica transformou a noção de privacidade. E algoritmos poderosos garimpam por entre toneladas de entulho de informação pequenas pepitas que, obtidas através da relação de dados de diversas dimensões da nossa vida, reproduzem a essência daquilo que nós somos. As máquinas começam a conhecer-nos melhor que nós próprios.

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.