Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O egoísmo é muitas vezes utilizado num sentido diferente: o do egotismo. O egotismo é o excesso de identificação consigo mesmo, a incapacidade de um individuo de perspetivar as experiências vitais por outra visão que não seja a sua. O egotista entende o mundo por um referencial próprio, ultra-valoriza a sua própria experiência e não tem capacidade de deslocar as suas referências para o outro. O egotismo não deve ser confundido com o egoísmo, que é um excesso de prioritização do eu em desrespeito pelo outro.

 

O egotista tem assim uma desvantagem no seu raciocínio: como se considera como a medida de todas as coisas é incapaz de perceber atitudes que são consequência de experiências de vida diferentes. O egotista tem uma empatia, a capacidade de se colocar no lugar do outro, reduzida. Vivendo fechado num conjunto de referências pessoais, o egotista não consegue na sua interação com o outro ter a maleabilidade para aceitar como válidas as referências dos outros, de abdicar para aceitar.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor



Links

  •  

  • Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D