Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

rua do imaginário

Porque existe algo em vez do nada?

Porque existe algo em vez do nada?

rua do imaginário

05
Nov15

Delusão

 

Há decisões que temos que efetuar em momentos, breves instantes, temos que optar de imediato por uma atitude, agir ou ignorar, que podem ser a diferença entre fazer o que é certo e o que é errado. São decisões que significam para nós, mais tarde, motivo de orgulho ou desilusão, sinais de atitude ou fraqueza, de altruísmo ou egoísmo, de compromisso ou indiferença.

 

São momentos tão breves que a decisão não pode ser racional. Racionalmente, com tempo para pensar sobre o assunto, amadurecer sobre as consequências a decisão seria outra. A decisão instantânea vem de outra zona do cérebro, não temos tempo para pesar prós e contras, para avaliar as alternativas, para racionalizar as consequências. São decisões tomadas pelo mais íntimo de nós, que nos chegam do instinto, que estão programadas nos nossos genes.

 

Quais destes dois tipos de decisão refletem verdadeiramente a nossa personalidade? A razão ou o instinto? Certamente que a nossa personalidade revela-se nas decisões imediatas. Podemos domá-la, maquilhar e educar o que somos, mas o que emerge nestes momentos é a nossa verdadeira face. Porque o que somos e o que pensamos que somos são coisas distintas. E se não gostamos dessa face, estará ao nosso alcance mudar?

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.