Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

rua do imaginário

Porque existe algo em vez do nada?

Porque existe algo em vez do nada?

rua do imaginário

05
Ago15

Falsas escolhas

Há determinados momentos em que somos confrontados com a necessidade de fazer escolhas. Mas escolher algo é, como sabemos, abdicar de mil outras, e escolher é portanto um exercício de definir aquilo que queremos abandonar. Só se escolhe verdadeiramente quando se está a abdicar de algo.

 

Há situações em que a escolha não implica abdicar, pois nada temos nada a perder nas soluções alternativas. Uma verdadeira escolha é uma bifurcação da estrada em que temos que optar por um dos caminhos, sabendo que nunca poderemos voltar atrás para retomar o outro caminho. Quando a estrada simplesmente curva para a esquerda, isso não é uma decisão. Curiosamente, na vida muitas vezes confundimos estas duas situações.

 

Essas são as falsas escolhas, em que ficamos convencidos que estamos a comandar a vida, quando na realidade continuarmos a viajar sobre carris, sem estarmos verdadeiramente a determinar o rumo. Sair dos carris é uma decisão de coragem e sabe-se bem que é nas escolhas que fazemos que nós muitas vezes fraquejamos.

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.