Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

rua do imaginário

Porque existe algo em vez do nada?

Porque existe algo em vez do nada?

rua do imaginário

26
Out20

Mundos possíveis

“Cosmos – Mundos Possíveis" de Ann Druyan é um livro, e uma serie de televisão, sobre o esplendor do Universo mas, e principalmente, sobre a maravilhosa aventura do conhecimento da Humanidade que nos permite conseguir começar a vislumbrar a linguagem em que o Universo está escrito. É uma mensagem sobre a infinita variedade da existência e as enormes possibilidades da inteligência. E é, também, sobre a nossa insignificância individual.

 

No "Terra inabitável" somos cilindrados com dureza pelo egoísmo do Homem que está a levar o planeta a um desiquilibrio catastrófico. Neste "Cosmos  - Mundos Possíveis" recebemos a profunda beleza da maior construção da Humanidade, em que geração após geração, homens e mulheres movidos apenas pela curiosidade vão desbravando a ignorância e construindo a catedral do conhecimento.

 

Mas não é exactamente sobre o livro "Cosmos – Mundos Possíveis", nem sobre a dicotomia magnificiência/inconsciência da humanidade que quero aqui escrever, mas sobre o amor entre Ann Druyan e Carl Sagan. Porque, de entre todos os mistérios do Universo, o amor será sempre o maior e mais belo de todos.

 

Quando nos apaixonámos, para mim foi como descobrir um mundo novo. Um mundo que eu tivera esperança que existisse mas nunca tivera oportunidade de ver. Neste novo mundo a realidade excedia a fantasia em todos os sentidos.

(...)

Numa noite estrelada, juntos num convés de um navio no Pacífico, vimos um casal de golfinhos a acompanhar-nos. Ficámos a vê-los talvez durante dez minutos quando de súbito, num único movimento gracioso, deram um mergulho em ângulo recto e desapareceram no mar profundo. Moveram-se em uníssono, como se tivessem comunicado de alguma maneira misteriosa. Carl olhou para mim e sorriu: “Somos nós, Annie”, disse ele.

 

Cosmoa - Mundos Possíveis, Ann Druyan.jpg

Cosmos - Mundos Possíveis, Ann Druyan, edição: Gradiva

 

 

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.