Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



não discuto
com o destino
o que pintar
eu assino.

 

Paulo Leminski

 

Discutir com o destino, ou com o Universo e as suas regras que nos reduzem a um nada, é um inútil desperdício de tempo e energia. Aceitar o nada e a impermanência seria bastante mais sensato. Ainda assim…deixar de discutir soa a desistência. O que nos resta, senão gritar, gritar, como quem tenta calar o mar, contra o tempo e as forças do Universo?

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor



Links

  •  

  • Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D