Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

rua do imaginário

Porque existe algo em vez do nada?

Porque existe algo em vez do nada?

rua do imaginário

04
Ago16

No tempos dos Aravos

Na origem da povoação de Marialva esteve um povo lusitano conhecido pelos Aravos. O seu nome terá a sua origem na palavra Aravor (alta colina) que refere o local que hoje se conhece como Marialva, onde foi fundado um castro pelos Túrdulos no séc. VI a.C, e que deu mais tarde deu nome ao povo, os Aravos. Ao longo dos tempos vieram outras culturas, os romanos, que batizaram a aldeia de Civitas Aravorum, os godos, os árabes, que alteraram o nome para Malva, e os cristãos. Foi o rei Fernando Magno de Leão que, após a consquista aos mouros em 1063, deu o nome de Marialva.

 

Em Marialva sente-se o peso da  história. As pedras do chão estão moldadas ao passar do tempo e dos homens que insistiram em viver nestas paisagens rudes e pedregosas. Em cada passo que damos sobre quelas pedras não podemos deixar de pensar sobre as estórias, as alegrias, tristezas, vidas e mortes que testemunharam. Foram companheiras da evolução cultural humana deste tempos imemoriais e continuarão a resistir ao tempo muito para lá da existência da Huamnidade.

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.