Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

rua do imaginário

Porque existe algo em vez do nada?

Porque existe algo em vez do nada?

rua do imaginário

16
Out17

Perspetiva cósmica

No capítulo final do livro “Astrofísica para Gente com Pressa, Uma Viagem Rápida ao Cosmos” o autor Neil De Grasse Tyson faz a apologia das vantagens em se ter uma perspetiva cósmica da nossa vida. É certo que esta perspetiva cósmica nos reduz a seres insignificantes a habitar um pequeno planeta que orbita uma estrela de entre biliões. Não é uma conclusão imediata que ter a real noção da nossa pequenez seja um benefício para as nossas vidas. Afinal se não passamos de seres ocasionais e insignificantes, gerados por acaso, qual poderá ser o sentido das nossas vidas?

 

Mas Neil Tyson tem razão. É precisamente saber que não passamos de uma extraordinária improbabilidade feita de matéria que foi gerada há milhões de anos na explosão de estrelas que nos confere a noção de como a nossa breve existência é bela e única. Termos consciência da nossa existência e conseguirmos o feito incrível de perceber, ainda que de forma incompleta, como aqui chegámos confere uma beleza extraordinária a cada momento da nossa vida. Remove os nossos egos do centro do Universo (ou do Multiverso) e coloca na real perspetiva a importância dos nossos problemas do dia-a-dia e acontecimentos de maior gravidade como enfrentar uma doença grave ou a morte. Quando olhamos as estelas, nós que somos feitos de poeira de estrelas, compreendemos e aceitamos o que somos é o Universo que se comtempla a si próprio.

 

E o sentido a vida? A responsabilidade de cada um de nós é conseguir manufaturar o seu próprio sentido para a improbabilidade da sua existência.

 

Livro: "Astrofísica para Gente com Pressa, Uma Viagem Rápida ao Cosmos”, Neil De Grasse Tyson

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.