Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

rua do imaginário

Porque existe algo em vez do nada?

Porque existe algo em vez do nada?

rua do imaginário

15
Set20

Quinta de Ventozelo

Ao entrar na Quinta de Ventozelo somos de imediato arrebatados por uma vista inacreditável das vinhas onduladas num vale maravilhoso debruçado sobre o Douro. Depois de instalados, numa antiga casa de apoio agricola agora transformada num excelente alojamento com vista para os socalcos das vinhas e olivais da quinta, fomos ao bar da piscina beber um vinho branco enquanto sentiamos os últimos raios de Sol. Estava a terminar um dia que tinha sido fantástico. Há momentos puros, perfeitos, em que tudo parece estar bem. E são estes momentos que nos fazem pensar que, de todos os mundos possiveis, pouco poderá ser melhor do que este mundo. E recordam-nos também que devemos estar permanentemente gratos pela extrema improbabilidade  da oportunidade que temos de usufruir de cada um destes instantes.

 

A Quina de Ventozelo é uma das mais antigas da região, com referências desde o ano 1500. Recentemente, e em boa hora, decidiu partilhar a sua maravilhosa paisagem e permitir usufruir das esplenderosas paisagens para enoturismo e turismo de natureza. A quinta localiza-se num local verdadeiramente privilegiado, com uma vista deslumbrante sobre o serpentear do Douro. Os montes que nos envolvem são riscados por socalcos que, nesta altura do ano, se mostram pintados pelo verde das parras de videiras carregadas de uva madura. Ocasionalmente, surge na paisagem o verde escuro de esguios ciprestes a conferir um contraponto de verticalidade às linhas horizontais que desenham o ondular da paisagem.

 

Um magnífico restaurante, com uma varanda fabulosa sobre o vale do Douro, jardins, pequenos museus de instrumentos de produção de vinho e uma bela piscina sobre o Douro complementam a oferta da quinta. As portas e as janelas dos edificos brancos da quinta estão de pintados cum um bonito tom de azul, sendo essa cor conhecida como o Azul de Ventozelo. E Azul de Ventozelo é também o nome de um dos vinhos mais conhecidos produzidos da quinta.

 

O jantar no restaurante Cantina de Ventozelo foi extremamente agradável, pratos originais, bem apresentados e confecionados, naturalmente acompanhados de um excletente vinho. A refeição foi desfrutada numa noite de verão fantástica com o acompanhamento de uma fogueira que conferia ao ambiente uma luz suave e acolhedora. Depois de terminada a refeição, já com a temperatura a refrescar, soube bem estar um pouco junto à fogueira a sentir o seu calor enquanto se desfrutava do silêncio destes vales.

 

O silêncio é, de tudo, o que mais nos marca nestas paisagens. É um silêncio espesso, palpável, que entra em nós e nos tranquiliza os sentidos e diminui a velocidade do tempo. É um silêncio que fica connosco muito depois de o deixarmos. Ha muito para ver nestas paisagens do Douro vinhateiro mas, acima de tudo, há muito para sentir, neste ambiente de tradição secular, tranquilo, sustentável e respeitador, onde o tempo não pertence ao Homem, o tempo é o da  Natureza.

 

DSC_6017.JPG

Serpentear do Douro visto da Quinta de Ventozelo

 

DSC_6024.JPG

Ondas desenhadas pela Natureza e pelo Homem

 

DSC_6050.JPG

Silêncio que se ouve

 

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.