Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Realidade, II

15.12.15

A realidade portanto depende da “lente” com que a observamos. No nosso caso essa lente é o nosso cérebro e o que sabemos é que a realidade que conseguimos conhecer será sempre filtrada por esse artefacto biológico. Outros seres terão um conhecimento da realidade totalmente distinto do nosso. Por exemplo, uma mosca, que tem uma estrutura de sentidos totalmente distinta da nossa e um cérebro muito diferente, terá uma percepção da realidade diferente da nossa: as cores que vê, os sons que ouve ou inclusivamente o próprio conceito de tempo certamente que são totalmente distintos para uma mosca do que são para nós.

 

E qual destas perceções distintas corresponde à realidade? A nossa realidade não é mais real que a realidade de uma mosca (ou de qualquer outro ser do Universo), pelo que a única conclusão é que ambas as realidades existem e são resultado do filtro que temos ao nosso dispor para a percepcionar. Estamos condicionados pelo filtro que temos e portanto a nossa realidade é essa, não outra. E que no Universo existem infinitas realidades.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor



Links

  •  

  • Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D