Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

rua do imaginário

Porque existe algo em vez do nada?

Porque existe algo em vez do nada?

rua do imaginário

18
Out16

Um certa forma de se ser feliz

Da lista dos três venenos que estão na origem do sofrimento identificados pela filosofia budista nota-se a ausência da tristeza. A tristeza é um sentimento autónomo, não é uma consequência. Alguns pode-se considerar que têm tudo, que não é muito, para ser feliz e no entanto vivem num constante nevoeiro de tristeza. Nós, que estamos vivos e somos testemunhas dessa extrema improbabilidade que é existirmos e sermos sencientes, temos os motivos que bastem para sermos felizes. Sentimos a brisa na cara, só por isso devíamos ser felizes. Mas a tristeza está lá. E o mais curioso é que nos podemos habituar a esse nevoeiro, a essa bruma que nos envolve o espírito, a esse aperto que se torna aconchegante. E, voltando à sabedoria budista dos três venenos, podemos concluir que a tristeza não é de facto sofrimento nem origem de sofrimento. Como se estar triste possa ser para alguns uma forma de se ser feliz.

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.