Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



YOLO

29.09.15

A influência da religião na sociedade tem vindo a esbater-se ao longo das últimas décadas. Esta laicização da sociedade tem também como consequência uma gradual diminuição da matriz cultural do cristianismo, mas a presença do cristianismo na sociedade vai muito além das crenças religiosas. Mesmo quem não é religioso foi educado com base num conjunto de valores que de forma explicíta ou implícita derivam da forte influência do cristianismo na nossa sociedade ao longo de centenas de anos. Um desses sinais é o conceito de sofrer em vida para receber a recompensa posterior, mesmo que depois da morte.

 

Em tempos recentes esta será porventura a primeira geração a desenvencilhar-se dessa matriz cultural do sacrifício imediato sendo substituído gradualmente por um hedonismo saudável. É preciso no entanto não esquecer que na vida é necessário muitas vezes o sacrifício de semear hoje para obter a recompensa da colheita amanhã. O lema you only live once, não deve impedir a interiorização de que a felicidade não pode confundir-se com prazer e que esta também deriva do sacrifício, de que para se atingir o cume da montanha é preciso sofrer na escalada.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor



Links

  •  

  • Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D